O nosso compromisso
de RSC

Responsabilidade Social Corporativa

A RSC (Responsabilidade Social Corporativa) inclui todas as práticas implementadas pelas empresas para respeitar os princípios do desenvolvimento sustentável (social, ambiental e económico).

O COLEACP propõe às PMEs um método de aplicação de práticas sustentáveis no sector agrícola, nomeadamente no sector das frutas e produtos hortícolas.

A empresa beneficiária ao adotar práticas cada vez mais sustentáveis, assegura uma melhoria da sua gestão e competitividade. Esta é a base das ações do COLEACP e, em especial, do programa “Fit For Market”. A implementação das atividades é coordenada pela equipa do COLEACP e levada a cabo pelos nossos consultores locais formados em RSC.

Começa connosco

A nossa organização procura implementar internamente práticas sustentáveis. Três pontos focais são especificamente monitorizados no domínio da RSC:

  1. O Clima (ações para medir e compensar a nossa pegada de carbono)
  2. O Ambiente (certificação ECODYN em curso)
  3. O Género.

A nossa abordagem à sustentabilidade assenta em 3 pilares que visam a melhoria continua das empresas. Centra-se na análise da competitividade para que a adoção de boas práticas facilite, não apenas o acesso aos mercados, como também ao aumento dos níveis de eficiência, rentabilidade e resiliência.

A NOSSA CARTA DE SUSTENTABILIDADE

Enquanto produtores e exportadores de frutas e produtos hortícolas nos países ACP (África, Caraíbas e Pacífico) e importadores na União Europeia, estamos empenhados em conduzir as nossas atividades de forma sustentável.

Reconhecemos que a sustentabilidade requer um compromisso contínuo de nossa parte, enquanto empresas individuais e considerando o nosso trabalho com outras partes interessadas. Esta carta define o nosso compromisso com a sustentabilidade em torno de 7 áreas:

LEIS E REGULAMENTOS

PRÁTICAS SOCIAIS

PRÁTICAS COMERCIAIS

CONDIÇÕES DE TRABALHO

MEIO AMBIENTE

QUALIDADE DO PRODUTO

BOAS PRÁTICAS AGRÍCOLAS

Alt text

LEIS E
REGULAMENTOS

Alt text hover

LEIS E REGULAMENTOS

CUMPRIR AS LEIS

Cumprimos a lei e os regulamentos aplicáveis em todas as nossas atividades agrícolas e comerciais.

 
Alt text

PRÁTICAS
SOCIAIS

Alt text hover

PRÁTICAS SOCIAIS

DEMONSTRAR RESPONSABILIDADE CÍVICA

Atuamos como um cidadão corporativo responsável.

 
Alt text

PRÁTICAS
COMERCIAIS

Alt text hover

PRÁTICAS COMERCIAIS

PARCEIROS DE RESPEITO

Somos honestos, transparentes e autênticos na forma como conduzimos as nossas operações, e estamos comprometidos em construir relacionamentos comerciais fortes, reconhecendo que todos os nossos parceiros devem sair beneficiados.

 
Alt text

CONDIÇÕES DE
TRABALHO

Alt text hover

CONDIÇÕES DE TRABALHO

SER UM BOM EMPREGADOR

Asseguramos condições de trabalho justas e decentes para os trabalhadores e pequenos produtores da nossa cadeia de abastecimento.

 
Alt text

MEIO AMBIENTE

Alt text hover

MEIO AMBIENTE

PROTEGER O AMBIENTE

Gerimos as nossas atividades de forma a reduzir qualquer impacto negativo sobre o meio ambiente e proteger os recursos naturais, a biodiversidade e o ecossistema.

 
Alt text

QUALIDADE DO
PRODUTO

Alt text hover

QUALIDADE DO PRODUTO

GARANTIR UMA PRODUÇÃO DE ALTA QUALIDADE

Garantimos que os produtos que cultivamos ou manuseamos podem ser utilizados, consumidos ou manuseados de forma segura com elevada qualidade.

 
Alt text

BOAS
PRÁTICAS
AGRÍCOLAS

Alt text hover

BOAS PRÁTICAS AGRÍCOLAS

UTILIZAR BOAS PRÁTICAS AGRÍCOLAS

(APENAS PRODUTORES E EXPORTADORES)

Estamos comprometidos com a agricultura sustentável, aplicando boas práticas agrícolas e utilizando os melhores conhecimentos e know-how disponíveis para gerir as nossas culturas.

 
Alt text
Alt text hover
 

O NOSSO SISTEMA DE AUTO-AVALIAÇÃO

O Sistema de Auto-avaliação da Sustentabilidade (SAE) do COLEACP é uma ferramenta de gestão empresarial para produtores e fornecedores de frutas e legumes baseados na região ACP. Os operadores da cadeia de valor podem utilizar o SAE para prevenir más práticas, integrar boas práticas e consolidar a viabilidade financeira das suas empresas.

A ferramenta SAE fornece às empresas uma estrutura para a melhoria contínua. Responder a perguntas simples sobre ações práticas e realizáveis leva a melhorias progressivas e incentiva o cumprimento de boas normas e padrões. A SAE permite que as empresas forneçam evidências de boas práticas e satisfaçam as expectativas dos compradores e o potencial acesso ao mercado.

A SAE consiste em duas partes, ambas baseadas na Carta de Desenvolvimento Sustentável do COLEACP:

1. Lista de verificação qualitativa
2. Analise métrica

A ferramenta SAE fornece diretrizes claras para ajudar os beneficiários a inserir os seus dados. O COLEACP oferece o apoio de consultores treinados para aqueles que o utilizam pela primeira vez.

1. Lista de verificação (qualitativa)

A lista corresponde a todas as perguntas que podem ser usadas para orientar as empresas nas seguintes questões:

  • cumprir a lei
  • satisfazer as expectativas dos compradores
  • melhorar os seus resultados operacionais através da identificação de oportunidades para racionalizar custos ou aumentar receitas – de forma sustentável

2. Analise métrica

Conjunto de medidas que permitem às empresas:

  • rastrear custos e receitas
  • identificar áreas de melhoria
  • reforçar o planeamento empresarial
  • gerar relatórios sobre indicadores-chave de desempenho a partilhar com clientes/investidores/doadores

Sistema de formação para boas práticas de sustentabilidade

Acreditamos que todo operador, do executivo ao trabalhador, do gerente médio ao pequeno produtor, tem um papel a desempenhar na garantia da sustentabilidade da agricultura e da alimentação. É por isso que os nossos métodos e ferramentas de aprendizagem foram concebidos para corresponder aos níveis de qualificação e às necessidades de cada um destes elos da cadeia de valor. Os nossos peritos locais e internacionais ACP estão no centro deste sistema. Sempre confiámos na sua capacidade de encontrar soluções de formação adaptadas às realidades locais. Ao participar no desenvolvimento e melhoria das nossas ferramentas e métodos de ensino, eles garantem a qualidade e acessibilidade do que chamamos de “sistema de formação justo” do COLEACP. Trata-se de um sistema que visa reforçar as competências dos beneficiários para que possam realizar os seus projetos de uma forma sustentável.

Princípios básicos do nosso sistema de formação

  • A formação começa sempre com uma identificação cuidadosa das necessidades de capacitação do beneficiário. Este diagnóstico inicial permite estar em conformidade com os projetos do beneficiário e evitar duplicações com outros programas de apoio.
  • As necessidades são partilhadas pelo serviço de formação sediado em Bruxelas, que assegura assim que os métodos e instrumentos pedagógicos são adaptados da melhor forma possível em função dos níveis-alvo, das disciplinas e das competências.
  • As competências europeias foram substituídas por competências locais, a fim de promover o conhecimento local, a acessibilidade, o controlo dos custos e a criação de capacidades sustentáveis.
  • As ações de formação fazem parte de um processo voluntário e contínuo, tanto por parte do beneficiário como do COLEACP. A formação só pode ser bem-sucedida a longo prazo.
  • O COLEACP procura maximizar o âmbito e o impacto da sua formação através de parcerias com outros intervenientes no desenvolvimento, de uma política de partilha de conhecimentos e da adaptação dos instrumentos e métodos de formação a outros sectores de intervenção.

Temas abrangidos pelo nosso sistema de formação

O sistema de formação COLEACP abrange as seguintes 8 áreas

Produção e comércio sustentável

Fitossanitária

Segurança e saúde alimentar

Produção e transformação agrícolas

Respeito pelo desenvolvimento individual e profissional

Gestão ambiental

Gestão e desenvolvimento da empresa

Metodologia de formação

E-Library e E-learning

As ferramentas de formação concebidas e produzidas pelo COLEACP estão disponíveis no website – E-serviços do COLEACP.

Os métodos e ferramentas de ensino foram traduzidos em uma plataforma de e-learning onde poderá aprender, testar e certificar o seu conhecimento no campo do agronegócio sustentável.

Estão disponíveis cursos de formação interativos que integram níveis de progressão diferenciados por grau de especialização.

Right Menu Icon

Produção e comércio sustentável

Responsabilidade social das empresas

Agricultura, Saúde e Ambiente

Fitossanitária

Controlo de pragas e avaliação do risco de pragas

Organização do controlo e da inspeção fitossanitária

Amostragem e método de deteção de organismos prejudiciais

Organização do controlo e análise de resíduos em produtos vegetais

Segurança e saúde alimentar

Sistemas nacionais de gestão da qualidade da saúde

Princípios de higiene e gestão da qualidade da saúde

Rastreabilidade

Análise de risco e auto-verificação na produção

Regulamentos e normas privadas

Produção e transformação agrícolas

Base para a proteção das culturas

Segurança dos operadores e boas práticas fitossanitárias

Gestão integrada dos bio agressores

Agricultura biológica

Agroecologia e tecnologia de produção sustentável

Primeira tecnologia de processamento e embalagem

Respeito pelo desenvolvimento individual e profissional

Direitos humanos e condições de trabalho

Produção ética

Determinantes sociais de padrões de produção sustentáveis

Gestão ambiental

Produção sustentável

Gestão sustentável da energia

Gestão sustentável do ar

Gestão sustentável da água

Gestão sustentável do solo

Gestão sustentável de resíduos

Gestão sustentável da biodiversidade

Gestão e desenvolvimento da empresa

Governança e gestão de organizações hortícolas

Formalização de elos entre operadores da cadeia de valor

Gestão de Recursos Humanos

Gestão financeira e contabilidade

Gestão previsional

Gestão de Risco

Gestão de projetos

Comunicação e advocacia

Legislação de acesso ao mercado

Identificação de novos mercados

Análise de oportunidades de desenvolvimento

Processo de tomada de decisão

Plano de negócios

Comercialização de produtos hortícolas

Metodologia de formação

Desenvolver um sistema e programa de formação

Conceber e produzir materiais de formação

Métodos de formação